segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Passáro solitário


Onde estão meus sonhos?
Meus amores, minha vida?
E meus amigos?Minha mãe querida?
- Onde estão que não os vejo?
Ah! queria de novo sonhar.
Poder voar.Sair do tédio,
Achar na morte um remédio
Como na boca achar um beijo.

Meu pobre coração agora doí
Quando senti a existência
Que imunda minha essência
Com um maldito desalento.
Ah! essa vida desgraçada
Que vem disfarçada de esperança:
Chega alegre qual criança
E suave como o vento!

De poucas coisas sinto falta:
Da minha sorte, dos amigos, da amada.
E ao mesmo tempo não quero nada.
Quero apenas ficar à toa,
Descançar as palpebras eternamente,
Achar um novoo caminho,
Deixar de ser um passarinho
Que tem asas mas não voa.

 ▬▬▬▬▬▬ஜ۩۞۩ஜ▬▬▬▬▬▬

Um comentário:

J. Ríos disse...

"...Deixar de ser um passarinho
Que tem asas mas não voa."Não tens ideia de como me identifiquei e vaguei longe por cada linha...Encantado!

Abraço

anjoclandestino.blogspot.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...